Em busca da “fazenda perfeita”

0

A fazenda perfeita não existe, mas não é por isso que não se deve buscar a fazenda, ao menos, próxima da ideal no dia a dia. A agricultura é imprescindível para desenvolvimento econômico do Brasil e grande responsável por alimentar grande parte da população mundial, mas isso não é novidade. A busca por uma fazenda que gaste pouco e produza muito parece um sonho distante, mas não é. 

Uma estimativa prevê que a produção de alimentos no Brasil deverá atingir 239,7 milhões de toneladas em 2019, representando um recorde. O crescimento deverá ser de 5,8% quando comparamos com 2018. Esses dados são de um levantamento feito pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) em julho deste ano (2019). Para que isso seja uma realidade, é preciso estar atento às etapas da produção e a qualidade com que são feitas. 

Existem detalhes pequenos que fazem muita diferença. Por exemplo: você sabia que se a equipe administrativa não conseguir passar com clareza os objetivos e tarefas para a equipe de campo, a falha nessa comunicação pode trazer prejuízos milionários? Você sabia, também, que a falta de conectividade na fazenda pode atrasar em anos o desenvolvimento do negócio?

Muitos obstáculos podem ser vencidos se forem percebidos. Não adianta ter um problema e fingir que ele não existe. Carolina Machado Marini, Consultora formada em Engenharia Agrônoma, com MBA em Gestão de Pessoas e Liderança, falou, em entrevista ao blog da Strider, sobre as diversas frentes que formam um ambiente promissor ao desenvolvimento do negócio, e como alcançar os números ideais em produtividade.

A lavoura

Como você acha que a lavoura deve ser para produzir com qualidade e quantidade?

Empresas agrícolas têm se reestruturado para a adoção de novas tecnologias, assim como a preocupação com o destino de resíduos e uso de recursos tem aumentado e fazem parte dos resultados esperados pela gestão de grandes produções agrícolas. Um dos segredos do ambiente de uma empresa moderna e tecnológica está na sua capacidade de integração. Hoje o investimento em capacitação dos profissionais e o acompanhamento do crescimento deles está mais intenso, nesse novo ambiente a opinião de todos é importante quando o resultado depende da integração das informações e do trabalho bem feito.

A tecnologia é imprescindível? Quais são os cuidados necessários?

Sim. Pode-se dizer que o aumento de produtividade na agricultura brasileira está ligada diretamente ao aumento do uso de ferramentas de tecnologia no campo, que otimizam o tempo de uso das máquinas agrícolas, auxilia na gestão de pessoas e aumenta a assertividade na tomada de decisão. Quando falamos de tecnologia, precisamos ter em mente que paradigmas serão quebrados, as rotinas mudarão, portanto o jeito com que lidamos com a lavoura também mudará. Antes dados eram perdidos, esquecidos, difíceis de serem acessados, e agora estão disponíveis em alguns cliques para serem discutidos em todos os níveis da organização, técnicos, gestores, diretores, CEO’s, que inclusive podem ser discutidos entre organizações.

A equipe de campo ideal

Carolina Machado em treinamento com equipe de campo. (Foto: Arquivo Pessoal)

Este setor ainda tem necessidades que não foram sanadas?

Tudo começa no campo onde pessoas vão coletar diversas informações e vão abastecer o banco de dados da fazenda digital. Esses colaboradores fazem parte da equipe técnica na fazenda e é a partir da observação minuciosa e experiente deles que surgem os dados capazes de se transformarem em índices, KPI’s diretos ou indiretos, para que seus líderes e gestores possam avaliar e tomar as medidas primárias para manter as operações em ordem e caminhar rumo às metas pré-estabelecidas no início da safra. A gestão de pessoas como um todo é difícil, porque as pessoas têm suas necessidades comuns, assim como individuais, no qual o próprio gestor precisa se reinventar para atender as demandas atuais, portanto é uma dor que precisa de solução. E saber como liderar pessoas e engaja-las com a finalidade de que todas saibam da importância de suas funções é um processo que demanda tempo, treinamento e mudança de cultura. Existem sim necessidades que ainda não foram sanadas, no entanto em sua maior parte podem ser trabalhadas e até mesmo solucionadas.

Uma administração eficiente

A equipe administrativa deve entrar de que forma? Onde eles influenciam no resultado ao fim da safra?

Primeiramente, promovendo a adoção de tecnologia e quebra de paradigmas dentro da equipe administrativa, todos da empresa devem mudar o seu jeito de olhar para o campo. Em treinamentos que realizo com as equipes de campo uma das perguntas mais questionadas é se os tomadores de decisão estão olhando para esses dados e como a decisão está sendo tomada, ou seja, eles vêem como isso é importante, graças a tecnologia houve a redução de intermediários no cadastramento das informações obtidas em campo, uma vez que eles enviam diretamente as informações georreferenciadas, o que resulta em um comprometimento maior e eles acabam tendo a famosa “atitude de dono”, se preocupam não só com o resultado do seu trabalho, mas também da empresa como um todo.

Cite cinco itens que não podem faltar em uma fazenda modelo.

  • Comprometimento, pois todos devem estar envolvidos para a adoção de tecnologia.
  • Gestão de pessoas, lidar com pessoas é a parte mais difícil de uma empresa e saber enxergar as necessidades dos profissionais é sem dúvida a chave do sucesso. 
  • Integração, integrar diferente setores, promover ações de integração para troca de conhecimento é muito importante.
  • Gestão dos recursos, gerir os recursos disponíveis, com a finalidade de fazer mais com menos e reduzir ao máximo o desperdício.
  • Tecnologia, em uma fazenda modelo máquinas, softwares e agricultura de precisão precisam estar integradas para otimizar a tomada de decisão e resolver as pendências com maior assertividade.

Inovação e criatividade como soluções

Pensando no que foi dito, Carolina Machado opina sobre os maiores desafios do agronegócio atualmente, e como isto está unido à medidas que ainda não são predominantes na produção. “Um destes problemas é aumentar a qualidade e a produção de produtos numa mesma área, ou seja, a produtividade para suprir a demanda que o crescimento populacional mundial exige. Outro desafio está embasado na preocupação com o meio ambiente , e como preservar não só as florestas, mas a qualidade do solo em que hoje cultivamos nosso alimento“, finaliza.

Pequenas ou grandes, as empresas agrícolas têm sistemas produtivos múltiplos, mas isso não deve ser um problema. Sistemas e processos devem ser organizados, mas para isso, é preciso ter uma visão 360º de todo o negócio. A busca por inovação deve ser constante! Isso porque as empresas que mais se destacam no mercado são aquelas que não pararam no tempo. Cada etapa de produção tem influência direta nos resultados ao fim de uma safra. Sendo assim, o cuidado desde a semente até a negociação do preço deve ser feita com exigência alta de qualidade.


Assine a Revista Strider gratuitamente. Leia mais notícias e novidades no Blog Por Dentro do Agro.

Acompanhe-nos no FacebookInstagramLinkedin.

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.