Como não ter prejuízos na época de colheita?

0

A eficiência de qualquer fazenda está relacionada à maneira que são realizados os processos agrícolas. Reduzir as perdas na colheita é essencial para isso e, claro, é um ótimo jeito de ganhar mais dinheiro sem produzir ou gastar mais. Mas nem sempre é fácil identificar onde ou porque estão ocorrendo as perdas na colheita. E as perdas podem ser significativas.

Muitos produtores reclamam dos prejuízos na colheita, seja qual for a cultura. Em muitos casos isso acontece pelo mau uso das colheitadeiras que estão desreguladas ou sendo operadas de forma errada. A colheitadeira é uma máquina agrícola importantíssima, pois combina as tarefas de colheita, debulha e limpeza de diversas culturas. O setor de maquinário segue em crescimento, o que nos faz observar mais de perto soluções que surgem. A produção de máquinas agrícolas cresceu 23,8% em 2018, diz Anfavea. Foram fabricadas 65,6 mil máquinas usadas no campo e na construção no ano.

Vendas chegaram a 47,7 mil unidades, alta de 12,7%. A previsão é de que o balanço ao final de 2019, os números sejam ainda maiores.

Como saber se a colheitadeira está causando perdas?

Strider_

Fazer a manutenção e a regulagem das máquinas com frequência é primordial. Assegurar-se de que as colheitadeiras estão funcionando adequadamente, deslocando-se nas velocidades corretas, realizando cortes precisos em alturas apropriadas, com abertura e extensão do côncavo devidamente ajustadas. O estado de conservação da máquina e operação com velocidades adequadas ao estado da lavoura e da própria máquina, influenciam diretamente nos resultados produtivos.

Dentre os fatores que afetam as perdas na colheita, a velocidade de deslocamento da colheitadeira tem destaque especial!

Os limites recomendados para a velocidade de trabalho são de 4 a 7 km/h. Quando essa velocidade não é respeitada, o sistema de trilha da máquina fica sobrecarregado, aumentando a quantidade de grãos não trilhados. Esse fato se evidencia com o aumento da idade da máquina. Assim, ao tomar a decisão de aumentar ou diminuir a velocidade de deslocamento, não se deve preocupar somente com a capacidade de trabalho da colheitadeira, mas verificar também se os níveis toleráveis de perdas estão sendo respeitados.

Para que as máquinas estejam sempre em condições adequadas de operação, é importante realizar manutenção, revisão e regulagem das máquinas, como os mecanismos de trilha, separação e limpeza da colheitadeira periodicamente.

O que mais causa perdas?

WhatsApp Image 2018-01-10 at 00.47.13

Outro ponto importante quando o assunto é a perda na colheita é a qualidade do serviço do operador. Conhecer a máquina e respeitar as especificações técnicas de operação fazem toda a diferença. Essas especificações existem por motivos importantes: operar em velocidade inadequada gera problema de desempenho da máquina e, consequentemente, influencia negativamente nos números finais. Além de tudo isso, a segurança do operador está condicionada a esses limites.

A eficácia das tecnologias e máquinas utilizadas está diretamente ligada à habilidade dos trabalhadores rurais de operá-las. Ou seja, é fundamental treinar continuamente operadores, capacitando-os para manejar as colheitadeiras da melhor maneira possível. Também é importante que eles tenham conhecimentos sobre as peculiaridades e características da lavoura e cultura que está colhendo. Esses conhecimentos fazem toda a diferença no dia a dia da fazenda.

Como posso evitar as perdas?

Adote tecnologias de monitoramento!

Strider_

 

O processo de mensurar as perdas também ajuda a reduzi-las. Por meio do uso da tecnologia, já é viável medir parâmetros que contribuem para estabelecer limites aceitáveis de perdas, permitindo acompanhar a qualidade das operações e, assim, buscar melhorias. Tudo isso certamente vai ajudar a diminuir as perdas na colheita, a aumentar a produtividade e a minimizar possíveis prejuízos.

É importante lembrar que, nas perdas durante a colheita, não se está deixando de produzir, e sim perdendo o que já foi produzido. Em outras palavras, a colheita é o fechamento de uma sequência de processos corretamente exercidos, nos quais está embutida muita tecnologia e trabalho, que deixarão de ser recompensados devido a essas perdas. Por isso, esteja sempre atento a todos os processos produtivos de sua fazenda.

 

Assine a Revista Strider gratuitamente. Leia mais notícias e novidades no Blog Por Dentro do Agro.

Acompanhe-nos no Facebook, Instagram, LinkedIn.

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.