Covid-19 na agricultura: tecnologia digital facilita gestão

0
covid-19 na agricultura

O uso de softwares de monitoramento digital da lavoura facilita os processos de gestão das fazendas pelo mundo. Com ferramentas como o Protector, solução digital da Syngenta desenvolvida pela Strider, o produtor rural dispõe de um recurso para que a informação flua por toda a equipe, fazendo com que haja mais assertividade na tomada de decisão e, consequentemente, aumento da produtividade. Restrições e novos protocolos de higiene impostos pela pandemia da Covid-19 na agricultura vêm tornando as vantagens do digital mais visíveis.   

A otimização da produção ocorre porque o software, como explica o cofundador e Diretor de Tecnologia da Strider, Carlos Neto, fornece informação certa no tempo certo. “Mesmo em tempos de paz, a otimização gerada por ferramentas de monitoramento digital são importantes. Mas em momentos como este, na epidemia do coronavírus, se tornam essenciais. Na prática, por exemplo, mesmo distantes, podemos ver o que está acontecendo na lavoura e tomar as ações necessárias, tudo através da plataforma”, explica.

Neto enfatiza que, na agricultura, “a eficiência operacional é diretamente ligada à produtividade, e produtividade na agricultura é extremamente importante para a humanidade, uma vez que ela garante a nossa sobrevivência”. Mesmo com a pandemia da Covid-19, o agro segue, já que foi decretado atividade essencial pelo governo federal, e as ferramentas de monitoramento digital auxiliam em grande parte dessa missão.

Tomada de decisão à distância

covid-19 na agricultura

O Gestor de Tecnologia, Inovação e Big Data do Grupo Irmãos Franciosi,  Thomaz Struckel, conta como a gestão da operação mudou desde a chegada da Covid-19 na agricultura.

“Estamos usando cem por cento a tecnologia a nosso favor. É muito interessante o uso das tecnologias de precisão agora. Elas começaram a mostrar seu real valor”, afirma Struckel, que completa: “A troca de informação, nesse momento, é muito importante para a gente conseguir resultados expressivos. Todos os mercados vão sentir um baque com o trabalho remoto, com o trabalho em turno, e isso impacta demais no agro. Não tem como trabalhar em turno na colheita. O pessoal está isolado nas fazendas”.

Struckel conta que o monitoramento de pragas já era realizado digitalmente e que a integração de plataformas tem sido bem aproveitada. “Estamos aproveitando bem as integrações entre plataformas para chegar nos resultados. No combate de pragas, com Protector e Perfect Flight, estamos comparando como foi aplicação, se o tempo estava adequado, se teve sobreposição ou não. A telemetria de maquinários também se mostrou muito válida. Começamos com a colheita, só que não estamos lá para ver. Estamos confiando na telemetria da máquina, vendo se produtividade está dentro da expectativa”, ressalta. 

A Consultora de Sucesso do Cliente Mariana Loiola concorda que os benefícios da agricultura digital têm sido reforçados ao longo da crise do coronavírus. “O gestor está de quarentena e consegue visualizar toda a operação, ver se teve monitoramento, se o técnico entrou em campo. O coordenador de campo não precisa se reunir com os técnicos, consegue remanejar a equipe e planejar as atividades direcionadas para os talhões pelo sistema, sem ter contato fisicamente”, conta sobre as formas que os gestores estão encontrando para lidar com a pandemia. 

Sobre o trabalho dos consultores, Mariana Loiola afirma que o software também é benéfico, pois permite a geração de relatórios, que são enviados por dispositivos eletrônicos. “O nosso papel é apresentar esse dados para o gestor, mostrando o desempenho do técnico e a evolução da praga na lavoura. Apresentamos um resumo da operação por WhatsApp ou e-mail. Para quem tem tecnologia, está sendo mais fácil nesses dias”, finaliza.

Acompanhe nossas redes sociais:

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.