Como implantar uma tecnologia digital na fazenda? Veja o passo a passo

0

Levar tecnologias para dentro de um negócio é um processo delicado e precisa ser feito pensando em toda a operação, desde o plantio até a colheita. Considerando que todas as etapas da produção e pessoas que trabalham na fazenda são impactadas de alguma forma pela implantação de uma tecnologia digital, é importante fazer uma escolha pensada e ter paciência. Pensando nisso, Vinicius Favoni, Tecnólogo em mecanização em Agricultura de Precisão, explica passo a passo como é o processo de implantação dessas tecnologias nas fazendas.

O primeiro passo

O início do processo de implantação de ferramentas de agricultura digital se dá no planejamento de quais informações já podem ser aproveitadas de plataformas e dispositivos já existentes na propriedade. É preciso entender quais tipos de informações estão sendo geradas e quais informações ainda não.

Ao identificar as informações geradas é preciso aproveitá-las ao máximo. Um exemplo de aproveitamento máximo de tecnologias que as fazendas já possuem é o bom uso da telemetria de uma máquina. É importante ter visão geral sobre o processo produtivo porque é essa visão que evidencia as informações que já estão disponíveis na fazenda e como utilizá-las de forma mais eficiente.

E-book: Guia prático para começar a investir em tecnologia no seu agronegócio.

Como é o processo

Primeiramente, é preciso analisar quais tipos de informação o produtor deseja obter, quais informações, em seu ponto de vista, são necessárias para melhorar sua tomada de decisões. Após definir quais informações se deseja obter, cabe ao produtor encontrar no mercado, dentre as diversas opções existentes para as diversas áreas da operação agrícola, qual atende melhor à suas exigências. Para isso existem consultores e profissionais treinados que podem apresentar qual a melhor tecnologia.

Após a escolha da ferramenta,as pessoas vão manusear as plataformas de tecnologia devem ser treinadas, seja coletando dados ou analisando as informações. Apenas com treinamento e entendimento profundo da tecnologia , extraindo todo o potencial, é que poderão extrair ao máximo suas funcionalidades e ver os benefícios.

Depois que a tecnologia digital ideal para cada fazenda foi escolhida, deve-se realizar a definição da rotina de coleta dos dados e informações através das tecnologias escolhidas (periodicidade).

Com todas as informações já nas plataformas de agricultura digital, se inicia a etapa mais importante do processo: a análise das informações disponíveis na plataforma de forma que as informações tornem-se base para a tomada de decisão.

Dificuldades do processo

Como todos vivenciamos, a maior parte das propriedades rurais do Brasil está afastada dos centros urbanos e, como consequência, ainda não possui infraestrutura mínima para acesso à internet fora dos limites do escritório. Devido a isso, a conectividade é vista como o maior fator impeditivo para a implantação dos processos de agricultura digital, porém, existem diversas formas de reduzir a influência desse fator e utilizar as plataformas de agricultura digital. Ferramentas digitais que funcionam offline já se encontram disponíveis, basta procurar.

Os principais erros cometidos no processo de implantação de tecnologias digitais

As principais dificuldades, principalmente no Brasil, se dão pela falta de conectividade, principalmente nas grandes regiões produtoras. Porém, devemos tratar isso como uma dificuldade e não como um fator de total impedimento, visto que as plataformas digitais, sejam elas para monitoramento de condições de campo ou de telemetria de máquinas, apresenta formas de trabalho offline, sendo possível aproveitar a maior parte dos recursos disponíveis.

A maior parte dos processos de implantação digital que apresentam problemas, o fazem no início. Ao início de todo o processo deve haver um planejamento, sem isso até projetos de grande complexidade e com estrutura complexa falham se não existir um objetivo claro, ou alguém para interpretar e transformar as informações em inovações.

Outro fator limitante de forma significativa à implantação de novas ferramentas digitais é a capacitação, visto que é preciso entender as informações anteriores.

Assine a Revista Strider gratuitamente. Leia mais notícias e novidades no Blog Por Dentro do Agro.

Acompanhe-nos no Facebook, Instagram, LinkedIn.

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.